Pages

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Da Série: Campanhas .

Texto:

A gente não está pedindo para você pensar nas baleias. Ou nos micos-leões-dourados. Ou em qualquer outro animal em extinção. A gente não quer que você pense na conservação das florestas, na preservação dos oceanos, e nem mesmo no futuro das próximas gerações. Na verdade, tudo que a gente gostaria é que você pensasse apenas em você. Sim, exerça o sagrado direito ao egoísmo. Esqueça qualquer gesto altruísta, e importe-se única e exclusivamente com você. E por que a gente pede para você agir assim? Simples. Porque se você estiver realmente preocupado com a sua existência vai perceber que está ficando cada vez mais difícil viver em um mundo tão abalado pelas mudanças climáticas. E em outras palavras: Para salvar a sua pele você vai ter que fazer alguma coisa para salvar o meio ambiente. Reflita, caro amigo egoísta: se nada for feito agora você - e não apenas seus netos ou bisnetos - vai sentir as consequencias. (Bom, as consequencias já estão por aí: é só olhar o noticiário para reparar nisso.) Cientistas dizem que em algumas décadas o mundo pode estar até 7º C mais quente. Esta é a má notícia. A péssima notícia, e que, com o aquecimento global, quase metade das espécies será extinta. Neste momento um autêntico egopista perguntaria: será que o ser humano vai estar entre as espécies? E a resposta, sincera, é: a gente não tem a menor idéia. Talvez sim. Talvez o ser humano seja uma das espécies em extinção. Talvez não. Talvez a humanidade consiga adiar o seu desaparecimento por mais algum tempo. De qualquer maneira, mesmo que se prefira acreditar na alternativa mais otimista, é fácil entender que a vida vai beirar o insuportável em um futuro próximo. Por tudo isso é preciso que cidadãos comuns, que também são eleitores e consumidores, pressionem governos e empresas a agir contra as mudanças climáticas. É preciso convencê-los a dimunuir radicalamente a emissão de poluentes, investir em energias alternativas, eliminar as queimadas e tomar medidas que façam o planeta ser um lugar, senão agradável, pelo menos habitável. Entre neste movimento. Seja um legítimo egoísta e incentive o maior número de pessoas a ter a mesma atitude. Porque só assim, com bilhões de indivíduos olhando para os seus próprios umbigos e preocupados somente com o seu futuro, a gente vai conseguir fazer alguma coisa concreta para salvar o mundo.

1 comentários:

Cris Rosa disse...

A Melhor!!!!!!!!!!
É assim que se faz....